Escalada: treino de resistência e os pensamentos

De todas as valências de treinamento, sinto a resistência como a que nos demanda mais resiliência e persistência física e mental. É impressionante como chega no mental bombando de sensações, sentimentos, provocações, pensamentos… E é sobre os pensamentos que quero ressaltar.

Hoje, durante o meu treino de resistência (máximo de tempo no muro contando os movimentos; com diversas entradas alternando entre uma sequência de agarras ruins e grandes, além de múltiplas inclinações de negativo), me observei bem naquele momento em que o antebraço começa a ficar tijolado e parece que a mente vai nessa junto também. Lembrei-me do meu projeto, o qual está me fazendo me empenhar desta forma tão intensa, e me imaginei em muitos trechos dele. Tive uma sensação triste de que se eu chegasse no meio da via nas condições que eu estava sentindo o meu braço no muro, seria péssimo. Acontece que a minha análise não poderia ser aplicada diretamente tal como se eu estivesse na via, pois não era a minha primeira entrada, nem a segunda. Então, que processo é este que deixei ocorrer na minha mente? Ocorreram formulações de pensamentos que não eram positivos para o momento, nem pertinentes; e acredito que é sobre isso que devemos ter cuidado durante os nossos treinos.

É normal a mente apresentar rejeições, resistências contra a dor e o desconforto, e querer desistir pois há uma sensação “ruim”. Todavia é nesta hora que precisamos agir e dominar este momento para organizar o modo de pensar, se posicionar e se elaborar positivamente nos aspectos que concernem a mente: sensações, emoções, pensamentos, processos psicológicos básicos.

Por isso faz parte do treino o elemento psicológico: tão importante e imprescindível. A sua mente pode te derrubar ou te impulsionar rumo a vitória do seu projeto!

Há algumas estratégias de pensamentos organizados e que devem ocorrer na “hora certa” para te impulsionar. Comece se observando, não alimente os pensamentos depreciativos e negativos, estabeleça pontos positivos fortes. Abaixo um vídeo meu de treinamento de resistência no modo acelerado, pois fiquei na realidade cerca de 20 minutos escalando direto.

Com o meu melhor, Viviane Fernandes.

A arte mais encantadora!!

IMG_7442

🏵Viviane Loa🐞🌻é atleta e Instrutora de Escalada certificada pela Aguiperj @aguiperj_oficial

🏵Trabalha na linha da Psicologia da Escalada em muros e pedras, indoor(@vertical.limite) e montanhas❗️
🏵Idealizadora do DIEPE➡️Desenvolvimento da Inteligência Emocional pela Prática da Escalada
🏵Trabalha também no desenvolvimento de crianças especiais pela prática da escalada

🌎Mídias:
🔹Instagram➡️ @viviane.loa
🔹Facebook➡️Viviane Loa
🔹YouTube➡️Viviane Loa


🎯Bem-vindos‼️


🔴#HASHTAG PESSOAL:
#ViviEscaladas #ViviAguiperj #Aguiperj #DIEPE
#ViviPsicologiaDaEscalada


🔴 #HASHTAG🎒DEUTER: @deuterbrasil :
#EuEMinhaDeuter
#DeuterBrasil
#Deuter #MenorPesoPercebido


#escalada #escaladas #escaladaemrocha #escaladarj #criancasespeciais #criançasespeciais #montanhismo #guiademontanha #guiadeescalada #montanhas #mulheresnamontanha #escaladoras #escaladorasdobrasil
#doyouclimb #kmon

El Monte Roraima – El tepui – Meseta – Monte Roraaaimaaaa!!! 15 a 25 Out/2017

Um dos sonhos da minha vida, desde que eu era garota, quando comecei a andar pelas montanhas e a escalar: Monte Roraima – Tepui – Meseta – muitas formas de chamar essa montanha. Tepui é uma meseta (mesa) que se constitui em uma formação geológica elevada, onde, o topo plano, se parece com uma mesa muito extensa(18 quilometros tem o Monte Roraima de leste a oeste). Há diversas formações como estas que são as formações expostas mais antigas do planeta. E, para mim, carregam essa força!

Finalmente realizado, ticado da lista de sonhos e vivido de forma intensa: merecido, após um ano de luta sequente ao acidente(crime) de trânsito que eu sofri!

IMG_6097

Monte Roraima: primeira “meseta” de uma sequência de sete!

Esta ida ao Monte Roraima foi por uma expedição/trekking solidário organizado pela equipe Gente de Montanha, onde todo o dinheiro arrecadado foi doado à um projeto (Projeto Dharma) que, neste momento, está realizando uma ação solidária, atendendo populações carentes no estado do Piauí através de uma expedição médica!

Após uma odisseia do Rio de Janeiro a Santa Elena de Uairén/Venezuela, eu pude seguir com o grupo, finalmente, para a Serra do Pacaraima, chegando no Parque Nacional Canaima, onde fica o Monte!

IMG_6752

Há uma história muito interessante sobre quem são os Canaimas, vale a leitura:

https://books.google.com.br/books?id=lOKvDgAAQBAJ&pg=PA128&lpg=PA128&dq=quem+sao+os+canaimas&source=bl&ots=n98z6t8lAM&sig=ME-kGcUuB7ZRWIcxlJj6k-HnTGE&hl=pt-BR&sa=X&ved=0ahUKEwjlzpOj_Z3XAhUMhpAKHYm0Bv0Q6AEIQjAI#v=onepage&q=quem%20sao%20os%20canaimas&f=false

QUE SENSAÇÃO BOA: MONTE RORAIMA, ESTOU CHEGANDO!!!

IMG_6090

Trecho inicial da caminhada, onde há, ainda, muitas partes planas. À esquerda, Kukénán; à direita, Monte Roraima.

IMG_3673

Muito feliz!

Caminhando com pessoas animadas e fortes, mantivemos um bom ritmo nos três primeiros dias de progressão até o cume:

 

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

A rota traçada em duas fotografias era a mentalização que eu tinha e tudo que eu sabia sobre o local; o objetivo a ser alcançado; a minha missão. Então, todo o restante do percurso, foi total surpresa para mim. Me permiti ser surpreendida por cada detalhe.

 

 

MOMENTOS POSES E “SELFIES”:

 

 

MOMENTOS DEUTER/A MELHOR MOCHILA: #EuEMinhaDeuter #DeuterBrasil #MenorPesoPercebido

 

 

MOMENTOS CONTEMPLAÇÃO: #VivianeLoa #VivianeLoaProduções #EuAndoSonhandoAmandoEscalando #AmoSim

Deus, que habita em mim (meu interno),sente e se conecta com as formas Divinas que habitam no externo e formam tudo a minha volta. Eu interajo com toda essa existência e energia, saudando e reverênciando-a: “Contínuas reverências à existência!”, frase de minha autoria:

IMG_3721

Kukénán à esquerda: Te intento para um futuro próximo!

IMG_3723

Querido Monte Roraima: te admiro!

TODAS AS SURPRESAS DO CAMINHO:

Havia uma pedra no meio da trilha; uma pausa para um #boulder:

 

 

Sherpawoman por alguns instantes. Já sonhei em trabalhar com isso! hahahahaah. Preciso rever as minhas ideias:

IMG_6753

Sorriso no máximo!!! Chega doia!!!

Preparando uma tapioca com os mestres (carregadores e cozinheiros indígenas/Venezuelanos). Muito amor em trocar com eles! Detalhe para o assento de pedra, da forma mais natural, como eu gosto!!!

 

 

Quando não se tem nada para fazer na barraca, depois de um dia cansativo de caminhada:

 

 

Parceria com o Kiko, um dos guias locais:

IMG_6770

Kiko me contou muitas histórias e lendas da região!

Tentativa de escalada na face sul do Roraima:

 

 

Trecho final para chegar ao cume, Passo das Lágrimas:

IMG_6780

Passo das lágrimas! Como havia chovido na noite anterior, formou um rio na trilha de pedras, e uma cachoeira sobre as nossas cabeças! Eu e o amigo Luciano (outra expedição).

Chegada  ao cume:

 

 

E, AGORA, TODAS AS SURPRESAS DO CUME:

Tartaruga:

IMG_6781

Tartaruga: uma das milhões de pedras que se assemelham com algum animal!

Maverick com 2.810 metros (têm várias medições) é o ponto mais alto, e fica na parte da Venezuela:

IMG_6836IMG_6834

EU REALIZEI UM SONHO: MONTE RORAIMA, EU TE AMO!! Deus, daqui de cima posso compreender um pouco mais sobre a sua criação; mesmo que a minha compreensão seja um grão de areia no infinito, eu te agradeço:

IMG_6450

Agradeço sempre!!!

Ponto Tríplice: encontro das três fronteiras: Venezuela, Brasil e Guiana!

 

 

IMG_6378

Efeitos colaterais de se pisar em três países ao mesmo tempo!!!

Vale dos cristais: simplesmente mágico!

IMG_6791

O poder!!

 

 

Gruta do Quati que fica em território brasileiro:

 

 

O Fosso:

 

 

O lago Gladys:

 

 

Rio Continga com um trecho de quedinha de água:

Fotor_150964002841731

Inacreditável ter mais esse ponto de água em um mesmo cume!

Mirante da Proa com o grupo:

IMG_6529

Mirante da Proa!

ESCALADAAAAAAS NO CUME, na apresentação de slides abaixo: #escaladas #bouldering

 

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Para mim, formações inusitadas no topo da montanha dos sonhos:

IMG_20171102_145014

Seta azul: pedra da tartaruga. Seta vermelha: pedra do sapo!

IMG_20171102_151035

Seta azul: Golden (cachorro). Seta vermelha: coração!

 

IMG_6788

Muito encantada por esse lugar!

Fauna e flora:

 

 

DUAS PESSOAS QUE SEMPRE CARREGO COMIGO EM FORMA SIMBÓLICA: MINHA MÃE E MEU FILHO NOÉ! Ela, representada pela toalhinha de piquenique que ela me deu quando eu tinha cinco anos; ele, Noé, representado pelo Lego do girassol, que ele fez para mim:

 

 

Amigos que eu fiz na montanha no slideshow abaixo:

 

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Amiguinhos indígenas que eu fiz ao visitá-los, na saída do parque, naquela tribo acolá:

IMG_6456IMG_6458

IMG_6462

Brincamos com eles, doamos brinquedos e remédios para o posto de saúde local.

ME DESPEÇO COM AMOR, COM INTENSÃO DE VOLTAR E DIMINUIR O MEU TEMPO(TREINO) PARA CURTIR MAIS O CUME, E EXPLORAR O KUKÉNÁN, QUE É UM ESCÂNDALO!!!

Adeus, Roraima! Para sempre no coração!

IMG_6797

Adeus, Roraima!! Para sempre no coração!!

Kukénán dos sonhos! Novo projeto!

IMG_6768

Kukénán se tornou um projeto! Montanha incrível!

Roraima, tu és impiedoso e belo!

IMG_6837

Roraima, tu és impiedoso!!!

Conectada à fé, ao amor e à força divina; inefável lugar!!

Trekking Monte Roraima 15 a 25-10-17-486

O infinito Divino…

 

São Bento do Sapucaí 20 e 21/06/2014

E então me pergunto: Por que não havia ido para São Bento antes?

É claro que cada coisa tem seu momento e vem na hora que tem que acontecer, isso nós já sabemos. Mas, o questionamento surge porque simplesmente o lugar é muito bonito e completo.

Há diversos setores de vias esportivas, vias trads e boulders. Além de uma cidade de interior muito bonitinha e desenvolvida para o turismo.

Essa foi a segunda vez em São Bento e, pude aproveitar mais porque foi um feriado. Na primeira vez, só consegui escalar um dia. No entanto, consegui a cadena da via: “Comunista” 8A, no setor Comunista, e fiquei de olho na “Soviética”8B, porque achei a linha muito bonita, com duas barrigas de agarrões muito interessante. Não deu para entrar, mas ficou na cabeça como um projeto para o futuro.

Foi então, que nesse feriado consegui colher muitos bons frutos no lugar e que representou muito para a minha escalada:

Consegui a cadena da via “Soviética” 8B na segunda entrada! Nunca na vida eu tinha conseguido tirar os movs de uma via de oitavo grau e tinha conseguido mandar no mesmo dia. Mais que mandar a via, foi o fato de ter sido no segundo pega!! Fiquei muito Feliz!

 

Image

“Soviética” 8B

Image

Costurada na “Soviética” 8B, antes do primeiro crux.

Para completar o dia, entrei na via Escamoso 9A, que foi paixão a primeira vista. Consegui isolar toda a via e já virou projeto!!

No dia seguinte, eu e meus amigos fomos ao setor Corujas, que eu não conhecia. Fui super recomendada a entrar num clássico do local: a via “Voo da Coruja” 8B. E, para minha surpresa, consegui o mesmo feito do dia anterior. Dei uma entrada para conhecer a movimentação e consegui mandar na segunda tentativa. Aí é muita felicidade!!

Image

Início da “Voo da Coruja” 8B

Image

Lance de costurada do agarrão que em seguida dá o bote

Image

A via simplesmente tem um bote lindo no meio dela!!

Image

“Segunda parte” da via!

Sou muito grata aos amigos: Marcelo Casamassa, André Moraes Reis, Fernanda Pelizer e Haruã Assad, que juntos conseguimos dias de harmonia e paz. Fico muito feliz com esses encontros que me deixam em gratidão eterna à existência.

Alegria na escalada, na amizade, no coração!!

10407018_665525360195676_4505602983070947354_n

A menina

Era uma vez, uma menina muito sonhadora

Ela amava as montanhas, o verde das florestas e o azul do céu

Seu maior sonho era poder sentir esse mundo lá do alto, 

de quantos cumes a vida lhe permitisse subir

E isso lhe completava de tal forma, que ela brilhava

Transbordava de alegria

Era tanto que nem lhe cabia

E havia, sim, uma necessidade de criar

E ela escrevia, escrevia…

para se expressar e contar o quanto sentia:

que era o amar do próprio amor que a vida lhe permitia

                                                                           [sentir]

                                           Viviane Loa

Image

 

Essa parceria está muito boa!!

Estou adorando! Eu e Carol, temos procurado fazer vias que tenham alguns esticões ou lances em móveis. Semana passada fizemos a via Cavalo Louco no Pão de Açúcar, para se aclimatar e já pegar algum trecho com esse estilo. A minha intensão é aos poucos ir pegando vias que vão exigindo um pouco mais, por isso, ontem, escolhemos fazer a via Waldo com Secundo, também no Pão, passando pela Variante Por favor não me grampeie, na sequencia.

A Waldo é uma via que começa em um sistema de fenda que originalmente foi conquistado utilizando grampos, mas ela é perfeita para colocações de móveis. O segundo esticão ja se escala livre em agarras, grampeado, podendo melhorar a proteção com alguns peças somente em um trecho. O terceiro esticão é um sistema de chaminé no início se tornando oposição do meio para o final, também com opção de se utilizar móveis em alguns blocos entalados. E por fim, o esticão da Variante que é todo escalado em móvel.

A escalada foi fluindo e fiquei muito feliz porque consegui guiar o primeiro esticão sem utilizar nenhum grampo, mas suei, fica puxado, muito bom. Carol guiou muito bem o segundo esticão e eu fui para o terceiro com a intensão de usar bastante móvel também. Me surpreendi, pois com os blocos entalados no início da chaminé, da para proteger perfeitamente com as peças e na sequencia da oposição também, resumindo, consegui guiar o terceiro esticão todo em móvel também. :))))

Para chegar no Secundo, tem que se escalar a Vr. Por favor não me grampeie, como próprio nome já diz, não há nenhuma proteção fixa. É uma fenda muito bonita e tranquila.

Chegamos na parada dupla um pouco atrasadas, logo o sol entrou e fomos realmente obrigadas a descer, pois estava muito quente. Apesar disso, fiquei muito satisfeita porque cumprimos o nosso objetivo.

E o treino vai avançando!!

Image

Eu protegendo em móvel no primeiro esticão

Image

Carol guiando o segundo esticão!

Image

Na base da chaminé

Image

Protegendo no bloco

Image

Variante Por favor não me grampeie

Image

Nós!! :)))

De volta ao projeto: Via Ban Ban 9A

Hoje foi um sábado muito importante para mim, pois voltei a batalhar um projeto que é um sonho para mim: via Ban Ban 9A no Campo Escola 2000.

Essa via é extremamente boulderística, principalmente nos dois primeiros grampos, e segue apertando bem ate a quarta proteção. Depois, pega na resistência por mais duas proteções até o final. Consegui evoluir bem nela hoje, espero estar encadenando em breve!!

Image

Ban Ban 9A Campo Escola 2000 – Floresta da Tijuca/ RJ

Image

Sequência!

Image

:)))))

Itatim!!

Itatim!! Como é incrivel. Como ja faz parte de mim.

Fui totalmente atraída para conhecer esse lugar, por diversas fotos que amigos postaram, por matéria em revista, mas principalmente por um comentário persuasivo que uma amiga fez: ” Vivi, você precisa conhecer Itatim, precisa escalar lá na sua vida. Um dos lugares mais incríveis que conheci”. Obrigada Roberta Resende. O lugar é realmente lindo, com diversas montanhas,vias de ótima qualidade, de diversos estilos, e o principal : com potencial enorme para conquistar vias.

Cheguei em Itatim no finalzinho de dezembro e fiquei ate o finalzinho de janeiro tambem, isto e, um mes no paraíso das montanhas de granito. Aliás, uma das formações mais antigas do Brasil.

A chegada em Itatim é muito impactante. São diversas montanhas espalhadas em meio a uma planície com uma vegetação muito característica:.cactos para todos os lados e muitas palmeiras. Ora parece se estar num caatinga braba e seca, ora parece praia por causa das palmeiras, apesar de não haver agua alguma.

Tive a sorte de ter como parceria o Filipe Silva, escalador experiente e que conquistou bastante vias no local. Assim, pude conhecer um pouco de cada setor e ter os betas certos das vias,

Image

Cactos e Palmeiras!

Antes de viajar, tive acesso ao guia de vias do local,e pude ver que há uma quantidade de vias de sexto e sétimo muito grande, além de muitos oitavos. Fui com o foco de fazer “volume” nessas vias de sétimo e escolher dois ou três oitavos para tentar mandar. Estou num momento em que para evoluir nos projetos de nono grau, também é importante fazer volume em vias mais fáceis e que puxam o grau.

Acho que o Filipe escolheu uma tática muito boa para se adaptar ao estilo local e começamos pela Pedra da Toca, onde as vias são mais verticais, num estilo mais técnico. Pude escalar varias vias de quinto e sexto, conhecendo bem a pedra, textura e exposição.

Image

Pedra da Toca. Tem vias esportivas e tradicionais.

Depois, fomos conhecer o Enxadão, a montanha mais alta da regiao. Apesar de vias tradicionais classicas, foquei nas vias esportivas que são lindas! Consegui a cadena da ” Piratas do Caribe” 7b e a “Sãotanás” 8c ficou como projeto para um futuro bem próximo

Image

Piratas do Caribe 7b . Lance final com domínio de uma barriga bem negativa.

Estava ansiosa para conhecer o famoso setor de teto Jararaca, e o próximo pico de escalada foi esse. Confesso que fiquei bastante assustada ao me deparar com aquela gruta enorme e com vias realmente de teto sob minha cabeca. Mas, kmoon, tinha encarar! :))) A primeira via que entrei foi a “Salim não esta” 7c, e quaaaase saiu de flash, mas dei um molezinho e cai no ultimo movimento. Entrei novamente e saiu a cadena!

Image

Descanso muito confortável na via “Salim não esta”. Muito feliz!!

Image

Salim não esta 7C

Entrei em seguida na “Disciplina nao ter, calango nunca sera” 8B, uma das vias mais bonitas do setor. Essa via já exigiu um pouco mais de mim, mas depois de uma insistência , com direito a roxos na perna e mão aberta, rsrsrs, saiu a cadena!!

Image

Disciplina nao ter,calango nunca sera 8B

Image

Prejuízos da via, rs

Image

UFC!! rsrsrs

Outra pedra incrível é o Morro da Fonte. Esse setor eu consegui fechar, encadenando todas as vias, que são de 7A a 8A, com excessão de um sexto estranho,mas que vou entrar depois. A mais incrível é a “Virgens” 8A lindo, consegui a cadena dela rápido sendo a primeira repetição feminina da via! Também nessa via, eu dei seguranca para o Filipe fazer a extensão dela, conquistando mais 25/30 metros aproximadamente. Ela agora dá para fazer toda num esticão de quase 60 metros,sendo os primeiros 25 metros 8a e tocando um sexto sup bem técnico na sequência até a parada dupla.

Image

Virgens 8A  primeira repeticão feminina da via!

Fiquei muito satisfeita com essa viagem, e hoje posso dizer tambem como minha amiga, que é um dos locais mais incríveis que escalei. Conheci muitos escaladores, escalei muito, consegui meu objetivo da viagem e fui muito feliz! Pretendo voltar em breve com intuito de mandar dois 8c que ficaram pendentes, para malhar vias mais fortes e principalmente para fechar parceria de abrir vias.

Segue mais fotos:

Image

Via Touro 7A Morro da Fonte

Image

Via Escorpiao Enjambrado 7B/C Morro da Fonte

Image

Sine Qua Non 8C Jararaca

Image

Via Costela no bafo 6sup Morro do Napoleão

Image

Sou muito feliz em Itatim!!